Sábado de descanso no Dakar. Mas só na teoria

Amanhã não haverá competição, o que não quer dizer que não haverá trabalho. “O dia de descanso geralmente é aproveitado para a equipe fazer uma manutenção geral no veículo”, afirmou Klever Kolberg, do Valtra Dakar Eco Team, o primeiro piloto na história do Dakar a competir usando etanol brasileiro como combustível. Ele corre ao lado do navegador Giovanni Godoi.

“Para os mecânicos não há folga e o rally vira uma grande oficina. O carro é desmontado e são feitas algumas trocas de peças que já estavam planejadas, como por exemplo o câmbio, a embreagem, além da troca de lubrificantes, fluidos, filtros, etc.”, descreveu. “Descanso é só de dirigir. Mas vou estar junto com o time, e também vou aproveitar para receber alguns convidados e patrocinadores. Então, nada de acordar tarde, porque vai ser um dia de bastante trabalho”, concluiu.

“É um dia necessário para que item por item do carro seja verificado, pois em um dia normal de competição não é possível cumprir este extenso check list”, disse.

No domingo (10), o Dakar volta ao seu ritmo normal saindo de Antofagasta rumo a Copiapo, iniciando a volta para a Argentina. O trajeto do primeiro dia da segunda metade da competição tem 568 quilômetros de extensão, 472 deles cronometrados.

Sobre Klever Kolberg: Engenheiro e piloto, Klever Kolberg é o brasileiro que mais vezes participou do Rally Dakar, competição off-road mais difícil e perigosa do mundo, tendo sido um dos pioneiros no país a disputá-la. O piloto criou a primeira equipe brasileira a participar do Dakar e vai competir pela 22ª vez em 2010. Um dos grandes nomes do off-road nacional, Klever começou na prova competindo de moto, entre 1988 e 1996, sagrando-se campeão da categoria Motos Maratona em 1993, ano em que foi o quinto colocado no geral. A partir de 1997 passou a disputar o Dakar entre os carros, obtendo o título vice-campeão na categoria Carros Maratona em 1999 e 2000 e na categoria Carros Diesel em 2002. É autor de três livros sobre o assunto e é comentarista de rali no canal ESPN desde 2007.

Sobre Giovanni Godoi: Engenheiro mecânico com 20 anos de experiência no automobilismo nacional, sendo oito dedicados às competições off-road como engenheiro responsável pelo desenvolvimento dos veículos de competição da Mitsubishi. Em 2003 disputou o Rally dos Sertões, terminando em 17º na geral e terceiro entre os novatos, com o objetivo de entender e vivenciar as exigências a que o carro e a dupla piloto/navegador são submetidos em uma prova deste porte, e em paralelo, testar e desenvolver novos componentes. Esteve no Dakar 2009 com navegador de um caminhão de apoio.

Comandado por Klever Kolberg (piloto) e Giovanni Godoi (navegador) no Rally Dakar 2010, o Valtra Dakar Eco Team é patrocinado por Valtra, BASF, Mitsubishi, Cosan, Unica, Mobil Super Flex, Pirelli, Fremax e Magneti Marelli, e apoiado por Artfix, Sparco e Waiver.

Rodolpho Siqueira / Cleber Bernuci/André Stepan/Fabio Ometto

 

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest