Losacco mantém retrospecto e vai ao pódio em Londrina

Giuliano Losacco continua sua caminhada de regularidade no Trofeo Linea, a categoria de turismo do Racing Festival. Na segunda rodada dupla do campeonato, neste domingo no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR), o bicampeão da Stock Car em 2004 e 2005 foi sétimo na corrida de abertura e fechou a rodada com um segundo lugar. “Começou complicado, mas aos poucos fomos evoluindo, adquirindo informações e por isso melhoramos bem. Estou feliz por ter marcado pontos nas quatro corridas até agora”, disse o piloto da equipe Pater Racing, quinto colocado na classificação. Ele tem 21 pontos contra 32 do líder André Bragantini. “Importante é pontuar e vencer quando for possível. Sinto que vamos melhorar a cada rodada no Trofeo Linea.”

O retrospecto em Londrina também ajudou Losacco a ter calma para achar um bom acerto. No treino de classificação, encontrou dificuldades com os pneus novos, mas nada que uma boa conversa com a equipe comandada pelo experiente Luiz Otávio Paternostro não pudesse ajudar. “A gente trocou ideias, porque esses carros com tração dianteira são cheio de possibilidades. Sem contar a tocada, que você vai acertando durante os treinos. Na corrida, o carro se comportou muito bem e fiquei mais tranquilo para andar com confiança e buscar a zona de pontuação”, completou o dono de duas vitórias correndo de Stock Car no circuito de Londrina. “Na última da Stock, em 2008, subi ao pódio em segundo e repeti isso hoje.”

Losacco divide as atenções na Pater Racing com o mineiro Clemente Faria Jr., de apenas 22 anos, e que faz a sua estreia com carros de turismo. Sua experiência é totalmente com monopostos. Depois de vários títulos no kartismo, ele foi campeão da Fórmula 3 Sul-Americana em 2007 e ainda busca a adaptação ao Trofeo Linea. Na rodada de Londrina, Clemente foi 16º colocado na primeira bateria e 18º na segunda. “Ainda estou me acostumando a esse carro, porque o freio é bem diferente, segura muito menos do que um Fórmula 3. Isso tem me prejudicado, mas só com o tempo vou me adaptar. Bom que a cada treino, cada corrida, tenho evoluído tanto na pista, como na relação com a equipe, na transmissão das informações.”

Clemente lamentou o fato de ter garantido o terceiro lugar no grid, mas perder a vaga na segunda fila por uma suposta irregularidade na cambagem das rodas. “O regulamento poderia ser um pouco mais claro. Largar de trás sabendo que poderia estar lá na frente mexe com a cabeça do piloto, ainda mais sabendo que em Londrina é praticamente impossível de ultrapassar”, declarou o mineiro.

O próximo compromisso da Pater Racing no Trofeo Linea será nos dias 20, 21 e 22 de agosto no Autódromo José Carlos Pace, que receberá a 5ª e 6ª etapas.

Resultados em Londrina (sujeitos à verificação técnica e desportiva)

1a bateria:

1) Cesinha Bonilha 2) Alceu Feldmann 3) Ricardo Maurício 4) Antonio Jorge Neto 5) Duda Pamplona 6) José Vitte 7) Giuliano Losacco 8) Serafin Jr. 9) Christian Fittipaldi 10) Popó Bueno 11) André Bragantini 12) Thiago Camilo 13) Cacá Bueno 14) Rodrigo Navarro 15) Ulisses Silva 16) Clemente Faria Jr. 17) José Cordova 18) Fernando Nienkötter 19) Cesare Marrucci 20) Betinho Sartório 21) Leonardo Nienkötter

Melhor volta: Christian Fittipaldi, 1min29s231

2a bateria

1) Serafin Jr., 28min10s141 2) Giuliano Losacco, a 0s263 3) Christian Fittipaldi, a 0s901 4) Ricardo Maurício, a 1s143 5) André Bragantini, a 1s381 6) Duda pamplona, a 1s190 7) Alceu Feldmann, a 2s329 8) Cacá Bueno, a 3s326 9) Antonio Jorge Neto, a 3s635 10) Popó Bueno, a 4s440 11) José Cordova, a 4s947 12) Rodrigo Navaroo, a 6s189 13) Leonardo Nienkötter, a 6s658 14) Betinho Sartório,a 9s449 15) Ulisses Silva, a 9s860 16) Cesare Marrucci, a 10s338 17) Thiago Camilo, a 24s057 18) Clemente Faria Jr., a 1 volta 19) José Vitte, a 4 voltas 20) Cesinha Bonilha, a4 voltas

Não classificado: Fernando Nienkötter

Melhor volta: Cacá Bueno, em 1min29s805

Classificação do campeonato:

1) André Bragantini 32 2) Antonio Jorge Neto 30 3) Alceu Feldmann 28 4) Ricardo Maurício 22 5) Popó Bueno e Giuliano Losacco 21 7) Cesar Bonilha 20 8) Ulisses Silva e Serafin Jr. 18 10) José Cordova e José Vitte 14 12) Duda Pamplona e Christian Fittipaldi 12 14) Cacá Bueno 7 15) Leonardo Nienkotter 6 16) Cesare Marrucci 1

Fabrício Lima

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest