Porsche obtém triunfo histórico na 24 Horas de Nürburgring

A Porsche obteve uma vitória brilhante em uma das mais emocionantes e dramáticas edições da 24 Horas de Nürburgring. Diante de 220 mil espectadores que compareceram ao lendário Nordschleife (o circuito de 25 km formado pela junção dos 4,5 km do traçado inaugurado em 1984 com os 20,5 km nos quais a Fórmula 1 correu até 1976), o Porsche 911 GT3 RSR da equipe Manthey Racing, pilotado pelo quarteto Marc Lieb/Lucas Luhr/Timo Bernhard/Romain Dumas, recebeu a bandeirada em primeiro lugar, pouco mais de 4 minutos (nesse traçado, o equivalente a menos de meia volta) à frente do BMW M3 GT tripulado por Augusto Farfus/Jörg Müller/Uwe Alzen/Pedro Lamy.

Foi a quinta vitória da Porsche e da equipe Manthey Racing nas últimas seis edições da 24 Horas de Nürburgring. No total, a Porsche tem 11 vitórias na prova, realizada pela primeira vez em 1970. Com o Porsche 911 GT3 RSR (o GT de corrida mais bem sucedido dos últimos anos), o quarteto da Porsche assumiu a liderança às 23:25 minutos de sábado (a largada foi dada às 16:00 do mesmo dia) e manteve a posição até receber a bandeirada no domingo. Nas 16 horas e 35 minutos seguintes à tomada da liderança, foram percorridas 108 voltas sob imensa pressão em um dos circuitos mais difíceis do mundo. O Porsche vencedor estabeleceu um novo recorde de distância ao completar 156 voltas, equivalentes a 3.958,968 km percorridos. A prova teve 202 carros na largada, dos quais 135 percorreram a distância mínima necessária para serem considerados classificados.

“Antes da largada, sabíamos que poderíamos vencer se trabalhássemos todos juntos, dos pilotos aos mecânicos, como equipe. Isto funcionou muito bem, o tempo todo”, comemorou Timo Bernhard, que se juntou ao português Pedro Lamy e ao alemão Marcel Tiemann no seleto grupo de pilotos recordistas em vitórias na 24 Horas de Nürburgring (cinco para cada um). Além das tensões habituais em uma corrida de 24 horas, o quarteto vencedor enfrentou mais uma, lembrou Lucas Luhr: “Durante uma das paradas, a bomba de combustível não funcionou e o combustível não saía para o tanque. Tivemos que empurrar o carro para junto de outra bomba e, ao fazer isso, perdemos quase um minuto”.

O Porsche 911 GT3 R Hybrid também teve um desempenho marcante, ainda que a segunda participação do modelo na clássica corrida de 24 horas não tivesse terminado com a esperada primeira colocação. Pilotado por Jörg Bergmeister/Richard Lietz/Marco Holzer/Patrick Long, o inovador carro de corrida inscrito pela Porsche Team Manthey terminou em 27° lugar. Mostrando seu potencial, o 911 GT3 R Hybrid chegou a liderar a prova, mas uma pane no diferencial obrigou a uma parada para reparos que custou seis voltas em relação ao líder. Após sete horas, o mesmo problema tornou necessária mais uma parada não planejada, desta vez com 40 minutos de duração. Com 10 voltas de atraso em relação aos líderes, o 911 GT3 R Hybrid voltou à corrida em 105° lugar. No domingo de manhã, o carro ocupava a 23ª colocação quando Patrick Long sofreu um pequeno acidente ao rodar para evitar uma colisão mais forte com um retardatário. Por precaução, Long levou o carro aos boxes, onde nenhum dano sério foi constatado.

A 24 Horas de Nürburgring foi acompanhada ao vivo por executivos como Dr. Wolfgang Porsche (presidente do Conselho de Administração da Porsche AG) e Matthias Müller (presidente do Conselho Executivo da Porsche AG). “Um sucesso como este só é possível por causa de uma equipe. Quero agradecer a todos os que contribuíram para que isto acontecesse. Hoje, estou especialmente orgulhoso: somos uma empresa pequena, mas bem sucedida”, afirmou Dr. Wolfgang Porsche. Matthias Müller, que acompanhou pela primeira vez uma prova de 24 horas como executivo da Porsche, agradeceu a todos os colaboradores e equipes que correram com Porsche, além de saudar os pilotos. “Agradeço a todos, não apenas os vencedores, e particularmente aos do Porsche híbrido. Foi um grande final de semana para a Porsche e eu não podia imaginar que seria tão emocionante”.

24 Horas de Nürburgring – 25 e 26 de junho de 2011 Resultado final (seis primeiros colocados) 1) 18-Marc Lieb (Alemanha)/Lucas Luhr (Alemanha)/Timo Bernard (Alemanha)/Romain Dumas (França), Porsche 911 GT3 RSR (Manthey Racing), 156 voltas em 24h01:51.598, média de 164,744 km/h 2) 1-Jörg Müller (Alemanha)/Augusto Farfus (Brasil)/Uwe Alzen (Alemanha)/Pedro Lamy (Portugal), BMW M3 GT (BMW Motorsport), a 4:23.792 3) 14-Marc Basseng (Alemanha)/Marcel Fässler (Suíça)/Frank Stiepler (Alemanha), Audi R8 LMS (Audi Sport Team Phoenix), a 1 volta 4) 15-Frank Stippler (Alemanha)/Marc Hennerici (Alemanha)/Christopher Haase (Alemanha)/Markus Winkelhock (Alemanha), Audi R8 LMS (Audi Sport Team Phoenix), a 1 volta 5) 16-Matthias Ekström (Suécia)/Timo Scheider (Alemanha)/Marco Werner (Alemanha)/Christian Abt (Alemanha), Audi R8 LMS (Audi Sport Team Abt Sportsline), a 2 voltas 6) 22-Kenneth Heyer (Alemanha)/Thomas Jäger (Alemanha)/Jeroen Bleekemolen (Holanda)/Jan Seyffarth (Alemanha), Mercedes-Benz SLS AMG GT3 (Black Falcon), a 3 voltas

Stuttgart Sportcar Importador Oficial Porsche

Jornalista responsável: Luiz Alberto Pandini

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest