Thiago Camilo e seu Chevrolet Cruze vencem a corrida 2 da 4ª etapa da Copa Petrobras de Marcas

Atual campeão da Copa Petrobras de Marcas, o paulista Thiago Camilo (Chevrolet Cruze) não se importou com a forte chuva que caiu no Rio e faturou a última corrida do autódromo de Jacarepaguá, que será demolido para a execução de obras para a realização dos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Largando da 15ª posição na corrida 2 da 4ª etapa da temporada, o piloto da Carlos Alves Competições fez uma corrida agressiva e na parte final superou Diego Nunes (Toyota Corolla XRS), que liderou grande parte da prova, para vencer pela segunda vez no ano.

Completou o pódio em terceiro o também paulista Felipe Maluhy (Mitsubishi Lancer GT). Mesmo sem ter pontuado na prova, Ricardinho Maurício (Honda Civic) manteve a liderança da classificação.

Feliz com o resultado, mas triste por conta da destruição do autódromo, Thiago Camilo falou sobre o fim de semana. “Estou muito feliz, mas não só pela prova. Estou contente também pela maneira que vencemos, porque estamos passando um momento de dificuldade na equipe e o Carlão está dando duro para a gente seguir no campeonato”, declarou o piloto do Chevrolet Cruze #21, bastante festejado pela equipe e por Carlos Alves, o chefe do time.

“Sair lá de trás e conquistar uma vitória dessa forma é muito bom mesmo”, completou o piloto que agora é o terceiro na classificação com 101 pontos, contra 114 do líder Ricardo Maurício. Denis Navarro (Toyota Corolla XRS), vencedor da corrida 1, é o vice-líder, com 110.

Thiago Camilo falou também sobre o fato do autódromo de Jacarepaguá deixar de fazer parte do calendário do automobilismo brasileiro. “Acho que nem escrevendo o melhor texto eu imaginaria que seria assim a minha despedida de Jacarepagá: com vitória. Cinco minutos antes da largada começa a chover, e a gente sabia que tinha um carro bom para essas condições, porque já havia vencido assim em São Paulo na primeira etapa…”

“Mas para nós pilotos é uma tristeza muito grande perder Jacarepaguá. O público provou que o Rio não pode ficar sem autódromo, tem de ter uma pista para que esse público que lotou as arquibancadas possa ver um show de automobilismo”, completou Thiago Camilo.

Agora, o compromisso da Copa Petrobras de Marcas será em setembro, nos dias 22 e 23, no Autódromo Internacional Velopark, localizado na cidade de Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul.

Resultado da Corrida 2 / 4ª etapa da temporada 2012 da Copa Petrobras de Marcas: 1.º) Thiago Camilo (Chevrolet Cruze), Carlos Alves Competições – 32min19s509, 19 voltas 2.º) Diego Nunes (Toyota Corolla XRS), Bassani Racing – a 2s829 3.º) Felipe Maluhy (Mitsubish Lancer GT), Officer ProGP – a 3s661 4.º) Alceu Feldmann (Honda Civic), Full Time Sports – a 3s811 5.º) Denis Navarro (Toyota Corolla XRS), Bassani Racing – a 4s475 6.º) Thiago Marques (Toyota Corolla XRS), RZ Competições – a 7s397 7.º) Vitor Meira (Ford Focus), Amir Nasr Racing – a 13s992 8.º) Juliano Moro/André Bragantini (Honda Civic), JLM Racing – a 25s515 9.º) Carlos Padovan (Mitsubishi Lancer GT), Serra Motorsport – a 25s762 10.º) Claudio Capparelli (Chevrolet Cruze), J.Star Racing – a 26s134 11.º) Fernando Galera (Ford Focus), Bassan Motorsport – a 49s025 12.º) Marcelo Lins (Ford Focus), Bassan Motorsport – a 1min27s648 13.º) Marconi Abreu (Honda Civic), JLM Racing – a 3 voltas 14.º) Serafin Jr. (Ford Focus), Amir Nasr Racing – a 5 voltas Não completou 75% (= 14 voltas) 15.º) Galid Osman (Chevrolet Cruze), Carlos Alves Competições – a 6 voltas 16.º) Ricardo Maurício (Honda Civic), Full Time Sports – a 14 voltas 17.º) Fabio Fogaça (Mitsubish Lancer GT), Officer ProGP – a 15 voltas 18.º) Fabio Carbone (Mitsubishi Lancer GT), Serra Motorsport – a 16 voltas 19.º) Ricardo Zonta (Toyota Corolla XRS), RZ Competições – a 17 voltas 20.º) Ricardo Sargo (Chevrolet Cruze), J.Star Racing – a 19 voltas Melhor volta: Thiago Camilo (Chevrolet Cruze), 1min30s561 (média: 132,61 km/h)

A Copa Petrobras de Marcas é uma realização da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A Petrobras assina a competição, que tem patrocínio de Pirelli e apoio de Ecopads, Fremax, Lubrax, Motec e Transzero.

Departamento de Comunicação da Vicar: Fabrício de Lima

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest