X Rally Team se prepara para sua 13ª disputa no Rally dos Sertões

Com mais de 13 anos de experiência no Off Road, o X Rally Team se prepara para a disputa da edição de 20 anos do Rally dos Sertões. Com largada em São Luís (MA) e chegada em Fortaleza (CE), a prova percorrerá cinco estados brasileiros, em 11 etapas, totalizando 4.840 quilômetros entre os dias 18 e 29 de agosto. Para sua 13ª participação consecutiva no maior desafio fora de estrada do país, a equipe terá no comando dos seus carros os irmãos Cristian e Marcos Baumgart, com navegação de Beco Andreotti e Kleber Cíncea, respectivamente.

“Estamos em um desenvolvimento constante. Embora o Rally dos Sertões aconteça apenas em dez dias, nós trabalhamos para esta prova durante o ano inteiro. É uma das maiores provas do rally cross-country do mundo e disputá-la exige o que há de melhor em termos de equipamento e especialização técnica”, diz o piloto Cristian Baumgart. “Qualquer quilômetro rodado pela equipe já é um desenvolvimento, por isso acho que estamos evoluindo para chegarmos fortes nos Sertões. Vamos para São Luís com o objetivo de incomodar os estrangeiros que estão chegando e tentar terminar na frente entre os nacionais”, comenta o chefe de equipe Mario Santin.

A edição de 20 anos do Rally dos Sertões terá a presença do maior vencedor da história do Rally Dakar, o francês Stephane Peterhansel, que possui 10 conquistas – sendo seis nas motos e quatro nos carros. Ele vai competir com o MINI ALL4 Racing, atual campeã do Rally Dakar com o próprio Peterhansel e o navegador Jean-Paul Cottret. No entanto, apesar da experiência do francês, essa será sua primeira prova disputada no Brasil. “Um equipamento bem acertado pode fazer a diferença”, observa o piloto Marcos Baumgart. “Estamos com equipamento muito bom, conhecemos o piso que vamos enfrentar e também já estamos acostumados ao nosso estilo de navegação do Sertões, isso pode diminuir a diferença entre ele e os competidores brasileiros”, acrescenta Marcos.

“Até a rampa de chegada tudo pode acontecer. Qualquer contratempo, como um pneu furado, por exemplo, pode definir o futuro da prova – e esse tipo de acontecimento é uma ocorrência normal nos ralis”, observa o navegador Beco Andreotti. “Ainda mais por que teremos duas etapas do tipo maratona, ou seja, exigindo o máximo de concentração de pilotos e navegadores e também muita resistência por parte do equipamento. Como temos um equipamento e uma equipe técnica extremamente confiáveis e preparados, temos que largar acelerando. Assim poderemos brigar por bons resultados”, conclui o navegador.

O X Rally Team utilizará duas Mitsubishi L200 Triton Evolution, com chassi tubular – em aço cromo-molibidênio, carroceria em fibra de carbono, motores a etanol de quatro cilindros, com 16 válvulas e turbo intercooler, o mesmo do Mitsubishi Lancer Evolution X. Câmbio será sequencial de seis marchas, com freios Brembo a disco – nas quatro rodas – e suspensão independente, com rodas OZ Racing by X Rally Team.

Histórico da equipe:

1999 – Estreia no Rally dos Sertões e termina com o terceiro lugar 2002 – Vice-campeã do Rally dos Sertões 2003 – Equipe Revelação 2003, devido aos trabalhos sociais desenvolvidos pelas cidades do roteiro 2004 – Vice-campeã e também terceiro lugar no Sertões 2005 – Campeã Paulista de Rally Cross Country, vice-campeã dos Sertões e vice-campeã no Brasileiro de Rally Cross Country 2006 – Terceira colocada no Rally dos Sertões, sendo campeã na categoria Protótipos 2008 – Segundo lugar na categoria protótipos no Sertões 2009 – Estreia na Mitsubishi Cup Sudeste e conquista o título com Cristian Baumgart e Beco Andreotti 2010 – Bicampeã da Mitsubishi Cup Sudeste, com Cristian Baumgart e Beco Andreotti, e vice campeã do Rally dos Sertões

XYZ Live Press Rodolpho Siqueira / Daniel Betting

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest