RW Motorsport muda em busca da liderança do campeonato gaúcho

cassol(1)O Campeonato Gaúcho de Rali de Velocidade vai mudar e a equipe RW Motorsport também. O time, da cidade de Santa Maria, contará com novo navegador para a terceira etapa da temporada. Alessander Soares passa a navegar para o piloto santa-mariense Luciano Cassol. A dupla estreará em um novo rali, em Barão de Cotegipe, cidade que fica na região norte do Estado, próxima à Erechim e Passo Fundo.
Campeão em 2014, na categoria RCR, Luciano Cassol é vice-líder deste ano, mesmo não tendo disputado a primeira etapa. O piloto sabe que precisa pontuar e salienta que a expectativa segue sendo a mesma das outras provas, andar bem, de forma segura e lutar pela vitória.
A mudança de navegador se deve também a alteração de datas do Campeonato, que tinha prova agendada para agosto em Porto Alegre, mas acabou transferida para os dias 4 e 5 de setembro, em Barão de Cotegipe. “O Heitor (Strogulski, navegador oficial da equipe), já tinha agendado um compromisso familiar. Convidei o Alessander para navegar e ele aceitou prontamente. O Alessander é um navegador muito experiente, anda com o supercampeão Ulysses Bertholdo, vai ser uma prova interessante, pois nunca pilotei com outro navegador que não fosse o Heitor e a experiência do Alessander vai somar muito no meu constante aprendizado, como também na evolução minha e do Heitor nas provas restantes”, aponta Luciano Cassol.

Navegador estreante
Soares fará sua primeira prova pela equipe RW Motorsport (Raceweb). “Estou participando com muito prazer pelo convite feito pelo Luciano, pois o Heitor estará com compromissos familiares e por isto vamos com este formato de dupla para esta etapa. Na realidade não muda muito, pois venho de uma categoria muito rápida andando com o Ulysses Bertholdo e também já tive passagem pela categoria do Luciano na época que andava com o Daniel Barros. Esperamos fazer uma boa prova e tenho certeza que não teremos dificuldade no entrosamento”, acrescenta Daniel.

Prova vem como novo formato
A etapa de Barão de Cotegipe vem com novidades em relação ao projetado pelo Campeonato Gaúcho. Serão dois dias de programação, ao invés de apenas um. No sábado, 4 de setembro, haverá reconhecimento das especiais, trechos cronometrados por onde passará o rali. Corrida mesmo, somente no domingo, dia 5, pela manhã, com largada às 8h45.
Cassol diz que o novo formato é interessante. “Elimina o custo de um dia, quando a prova é no sábado, temos que sair na sexta, muitas vezes ainda na parte da tarde e retornar só no domingo. Nesse formato dá para sair de casa no sábado de manhã e retornar no domingo a tarde. Vamos ver qual vai ser a aceitação do público. Um outro aspecto é que esse formato possibilita aos organizadores realizarem ações promocionais no sábado a noite”, aponta Luciano.
Alessander também gostou da iniciativa. “Este novo formato é bem interessante para os competidores de fora da praça de atuação, visto que temos como nos deslocarmos fora do horário que atuamos profissionalmente. Também pode ser um atrativo a competidores de fora o nosso estado. Quanto a disputas em si, creio que não mude muito pois as condições do clima pode variar tanto neste formato como no antigo. Penso que um agravante pode ser a questão do público, pois como no domingo de manhã muitos estão descansando dos compromissos noturnos, mas para esta etapa em especial isto pode não acontecer por ser em uma praça que respira rali, sendo que precisamos ver em outras praças sem muito tradição”, enfatiza.

Cuidados no reconhecimento das especiais
Prova nova exige também atenção redobrada no reconhecimento das especiais, atividade que acontece antes da corrida e onde o piloto repassa ao navegador, as orientações que vai querer ouvir durante a prova. “A intenção é fazer um bom reconhecimento na primeira passagem, e na segunda acertar a sincronia entre piloto e navegador. Vamos manter a tática de sempre, andar de forma segura sem riscos desnecessários”, diz Luciano.
Para Alessandre, é importante aproveitar as duas passagens a que a equipe tem direito e fazer um bom reconhecimento, com o máximo de detalhes possíveis. “Tudo para deixar o Luciano confiante e também que não exija muito do equipamento, para que possamos levar até o final sem problemas”, completa o navegador.
O Rali em Barão de Cotegipe terá reconhecimento das especiais, pelos competidores, no dia 5 de setembro, um sábado. Já a corrida acontecerá no domingo, dia 6. Serão duas especiais em que os competidores repetirão três vezes, em um total de 72 quilômetros de trechos cronometrados.
As especiais são inéditas. Uma delas, a segunda, já teve um trecho incluso no Rally Internacional de Erechim este ano. Porém, no formato atual, passará ao contrário. O Campeonato Gaúcho de Rali de Velocidade 2015 deverá ter cinco etapas.

PROGRAMA DO RALI DE BARÃO DE COTEGIPE
Sábado – dia 5 de setembro
10h – abertura do parque de assistência (boxes das equipes)
13h30 – início do reconhecimento das especiais
15h – desfile promocional pelo centro da cidade
20h – divulgação da ordem de largada
Domingo – dia 6 de setembro
8h45 – largada do rali
13h – almoço festivo e premiação dos vencedores

Mais informações / Imprensa:
Prime Comunicação
Edson Castro 

Pin It on Pinterest