Fim da temporada 2016 é início de 2017 para equipe RW Motorsport

cred_edson castro (2)O Campeonato Gaúcho de Rali de Velocidade chegará ao final da temporada 2016 no próximo final de semana. A disputa final se dará em Erechim, norte do Estado, entre o sábado e domingo, dias 5 e 6.

Na categoria RC3, dos carros 4×2, o piloto de Santa Maria, Luciano Cassol compete com objetivo bem definido: iniciar a preparação para o próximo ano. Segundo o piloto, o objetivo é fechar bem a temporada 2016, com o melhor desempenho possível, para formar uma boa base em vista ao próximo ano.

 

Novidade no cockpit

A equipe RW Motorsport/Raceweb.com.br (apoio de Emblearte Soluções Visuais, Enxovais e Cia, Click Informática, BCNET-Soluções em Internet e Posto RDEZ)  contará com um novo navegador, Edgar Marsarotto Jr, que reside em Erechim, sede da última etapa da temporada.

“O Edgar, é um grande amigo que aceitou o convite de navegar e se juntar a equipe, tenho certeza que vamos nos entrosar bem, pois ele tem bastante experiência e isso irá ajudar muito”, destaca Luciano Cassol.

“Vou andar com o Luciano pela primeira vez, então a expectativa é buscar um entrosamento para quem sabe ser um preparativo para 2017. Acredito que no sábado iremos nos conhecer já nos levantamentos durante a manhã e durante a prova a tarde fazer os ajustes necessários para no domingo procurar andar um pouco mais rápido”, enfatiza Marsarotto.

“Olhando de longe sempre admirei a organização do Luciano como piloto, temos opiniões parecidas e principalmente gostamos de chegar no final de um rali onde o resultado acaba sendo uma consequência disso, espero que tenhamos um bom começo”, amplia o novo navegador.

 

Expectativa

Luciano Cassol salienta que a meta é mesmo fechar bem o ano, projetando a próxima temporada. “Minha expectativa é sempre a melhor possível, ainda mais em se tratando de Erechim, que é uma prova excelente. Pelo desenho do mapa, divulgado pela organização, a corrida se mostra muito rápida”, frisa o piloto.

Para Luciano, a meta outra vez será andar bem e com segurança para completar o rali. “Estamos sempre evoluindo no entrosamento com o carro (novo nesta temporada) e pensando mesmo na temporada 2017, quando retornaremos a fazer todas as provas do campeonato”, explica o piloto.

 

A prova em Erechim

Como é tradicionalmente, a disputa de ralis em Erechim, sempre é um desafio a mais na temporada para os competidores. E promete se manter assim, até porque o final de semana valerá pontuação dupla. Luciano frisa que será preciso buscar regularidade no desempenho, para completar bem os dois dias de corrida.

“Será uma prova rápida e em dois dias, tem que manter a regularidade andando forte, mas com segurança para completar”.

Uma corrida em dois dias, exige alguns cuidados extras. “É uma prova que aumenta o desgaste do carro, piloto e navegador, mas em contrapartida será um fim de semana muito intenso, o que possibilitará uma evolução ainda maior do carro e da dupla”, pontua Luciano.

“Primeiro que o levantamento já é bastante cansativo exigindo bastante da dupla e apesar de conhecer dos anos anteriores parte de alguns trechos dos mapas divulgados, levantamento sempre tem que ser bem realizado, pois durante a prova as vezes uma curva mal levantada pode ser o fim de um rali. Por ser a última prova do ano em duas etapas simples acredito que os dois dias serão encarados da mesma forma, pois para quem disputa alguma coisa no campeonato ainda e para quem ainda não ganhou nada vai ser a última chance deste ano, então é negócio é pisar fundo, chegar ao final e aí sim ver o resultado”, completa Marsarotto.

 

A programação

A cidade de Erechim sediou rodada dupla do Gaúcho de Rali de Velocidade em maio, junto com a disputa do Rally Internacional, que teve ainda etapas válidas para os campeonatos Sul-americano e Brasileiro.

Desta vez a disputa será apenas no Estadual. Por isso a programação se desenvolverá toda no final de semana. No sábado pela manhã, tem reconhecimento das especiais pelos competidores. À tarde, larga a primeira corrida do final de semana, com a disputa em quatro especiais.

No domingo pela manhã, mais quatro especiais e a segunda corrida do final de semana. A premiação aos vencedores da etapa se dará em almoço de confraternização na sede do Erechim Auto Esporte Clube (Eaec), entidade que está organizando a etapa.

 

Edson Castro

Gestor de Conteúdo da Prime Comunicação

Assessoria de Imprensa

CRÉDITO DAS FOTOS: Edson Castro/Prime Com

Pin It on Pinterest