Rodrigo Baptista vence na abertura da Porsche Império GT3 Cup, em Curitiba

A temporada começou com tudo para Rodrigo Baptista, atleta do HTPro Team. Uma semana após fazer sua estreia na Pirelli World Challenge, com a terceira colocação geral no campeonato depois de duas corridas em Saint Petersburg, na Flórida (EUA), Digo teve também um ótimo início na categoria sprint da Porsche Império GT3 Cup. Na única bateria realizada até o momento, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), o piloto paulistano de 20 anos garantiu a vitória na Cup. Completaram o pódio Miguel Paludo, Lico Kaesemodel, JP Mauro e Ricardo Baptista. A segunda corrida da Cup foi suspensa, por decisão unânime dos pilotos, da direção de prova e organização, devido às fortes chuvas na capital paranaense.

Após largar na segunda colocação do grid, Baptista pressionou bastante o líder e atual campeão da categoria, Lico Kaesemodel, que se defendia bem até a relargada na volta 9. Lico iniciou bem a volta, mas duas curvas depois Digo assumiu a dianteira. “Fico muito feliz com a vitória. Todas as chances que tive eu ataquei, o Lico sempre fechava bem. Em determinado momento notei um espacinho e coloquei o carro. Fui muito bem na ultrapassagem, passo decisivo para a vitória”, comemorou o dono do carro #3.

“Foi um fim de semana muito bom. Na etapa qualificatória dei uma erradinha, ou seja, já sentia que talvez desse para ter pego a pole”, avaliou Digo. “Na corrida, estava ansioso por largar em segundo, porque partir por fora no Autódromo de Curitiba é um pouco difícil. Porém, deu tudo certo na largada. Logo vi que estava mais rápido que o Lico, só que ele é muito difícil de ser ultrapassado, ainda mais aqui conhecendo tão bem a pista, pois ele é de Curitiba”, complementou o atleta do HTPro Team.

A segunda bateria, suspensa por falta de condições climáticas, será realizada na segunda etapa, em Interlagos, com o mesmo grid que largaria em Curitiba, após a primeira corrida vencida por Rodrigo Baptista. Com a vitória na única bateria realizada, Digo lidera a Porsche GT3 Cup com 22 pontos, contra 20 de Miguel Paludo e 18 de Lico Kaesemodel, em um total de 22 inscritos na categoria.

Calendário – Após as disputas em Saint Petersburg e Curitiba nas últimas duas semanas, o foco de Rodrigo agora é a etapa da Virginia da Pirelli World Challenge, no fim de abril. Na sequência da competição norte-americana, ele terá pela frente Ontario (CAN) e Connecticut, ambas em maio, Wisconsin (junho), Ohio (julho), Utah (agosto), e as últimas duas provas da classe em setembro, em Texas e em Sonoma, cidade-sede da sua equipe, Flying Lizard, na Califórnia.

Pin It on Pinterest